Blogue

Lembram-se do viveiro florestal da ATNatureza que foi destruído resultado dos fortes ventos da tempestade Elsa que assolou a Região no passado dia 18 de Dezembro?!

A nossa equipa com auxílio de um técnico de soldadura foi possível reconstruir o viveiro florestal e pôr esta estrutura novamente de pé para fazer face ao tempo quente e seco que se avizinha.

O viveiro florestal é uma estrutura importante para manter os jovens Carvalhos, Freixos, Zimbros entre outras espécies autóctones   que no próximo Outono irão ser transplantadas para a Reserva da Faia Brava, permitindo para aumentar a qualidade do Solo, promover a Biodiversidade e Contribuir para a fixação de Carbono.

Acontece que esta despesa adicional teve um custo aproximado de 500€ contabilizando o material que foi substituído e horas de trabalho envolvido.

Apelamos aos sócios e amigos da ATNatureza para pagar as suas quotas ou realizar uma contribuição de 20€  ( Referência: Apoio ao Viveiro) para a conta com os dados bancários:

IBAN: PT50 0007 0000 0016 5433 1132 3

(Basta 25 contribuições para pagar esta despesa adicional)

Agradeçemos a sua contribuição

Para concretizar a nossa missão! 20 Anos a Criar Espaços para a Natureza

Foto do Viveiro Florestal    rebuild nursery

Em baixo , podem ver  os resultados (foto à direita) de um campo semeado com ervilhaca, centeio e tremoço. Há um ano, esse campo com um  solo ácido (ph = 4)  granítico estava  empobrecido como é possível observar na  figura à esquerda. Os técnicos  da ATNatureza  ficaram entusiasmados ao ver a produção com todas essas flores. Foi adicionado algum calcário  para aumentar um pouco o PH. O impacto do calcário  será visível mais tarde.
Agora será tempo para abrir estes campos para pastagem de garranos.
Esperamos que a % de matéria orgânica aumente substancialmente e a retenção de água acumulada  no solo também aumente. Nos próximos anos iremos  monitorizar , monitorrizar e monitorizar. Estamos curiosos se mais plantas indígenas com flores e insetos vão aparecer.
Uma boa forma de promover a Biodiversidade !!!

top plot in 2019

     top plot mei 2020

Dada a situação de incerteza que todos estamos a viver, fomos naturalmente forçados a adiar a celebração dos 20 anos da ATNatureza a " Criar Espaços para a Natureza".

O tempo da celebração virá, e os espaços de Natureza como a Reserva da Faia Brava serão certamente locais privilegiados para celebrar a Vida e a Saúde Individual e Planetária.

Estaremos cá para vos acolher e fazer da vossa visita uma celebração única e especial!

annulering viering 1

Em março de 2020, a ATNatureza iniciou uma experiência com 10 caixas de água, plantando árvores jovens de dois anos de idade. A caixa d'água é uma inovação holandesa da Groasis para a plantação de árvores em áreas áridas. A ideia é que  não seja mais necessário fornecer água extra para as árvores jovens no verão quente e seco da Região. Para a ATNatureza, os custos de horas de trabalho  para levar água às árvores jovens são elevados e dessa forma acreditamos que poderá ser uma forma eficiente de plantação. No verão, verificaremos uma vez por semana se ainda há água nos pequenos recipientes de água dentro da caixa d'água.

No site da Groasis podem encontrar informações sobre a Tecnologia Ecológica de Economia de Água Groasis, afirmam, vque as plantas terão  uma taxa de sobrevivência de + 90% sem usar irrigação e  é também muito mais barato que a irrigação gota à gota.

Também plantamos 10 árvores jovens e protegemos o solo com cobertura  de matéria orgânica . No verão, verificaremos todas as semanas se o solo ainda mantém a humidade.

Dessa forma, podemos fazer uma análise de viabilidade de ambos os métodos de reflorestação e calcular qual método é mais eficiente para a Reserva da Faia Brava.

waterbox3 2     mulch2

 

O solo da Reserva da Faia Brava é um solo pobre onde a matéria orgânica é escassa. Desta forma a água da chuva não é absorvida pelo solo, isso faz com que em Verões muito quentes só algumas espécies consigam sobreviver. Outra consequência da falta de fertilidade do solo é ausência de boas pastagens para alimentar os cavalos garranos e as vacas maronesas.

Como poderíamos enriquecer o solo e, assim, melhorar as capacidades de captação de água do solo; mais plantas, onde as gramíneas terão oportunidade de crescer, atraindo mais insetos e consequentemente mais pássaros?! Desta forma, fomos testar no sentido de dar um empurrão à biodiversidade em pequena escala.

Em Novembro de 2019, plantamos uma mistura de ervilhaca, centeio e tremoço em algumas parcelas. A ervilhaca e o tremoço são Leguminosas e essas plantas fixam o azoto no solo, que pode ser usado por outras variedades de plantas. Na imagem já é visível as flores amarelas das tremoçeiras. Agora vamos observar e ver se já é possível analisar alguma diferença no próximo mês de Agosto?

lupine

Notícias

Inovação para um Novo “Impulso na Reflorestação da Fai…

Ações de reflorestação têm sido realizadas na Área de Proteção Privada Faia Brava desde a sua criação em 2010, como objetivo  principal de restauro ecológico. Os problemas quetêm afectado  ...

ler mais

A importância dos MICROMAMÍFEROS no processo de RENATU…

Uma equipa da Universidade de Aveiro esteve recentemente na Faia Brava a realizar trabalho de campo no âmbito do projeto rWILD-COA "Desafios e oportunidades ecológicas no processo de renaturalização d...

ler mais

ATNatureza recolhecida pela "Cooperation Organisa…

O trabalho da ATNatureza foi recolhecido pela "Cooperation Organisation for Vocational Education, Training and the Labour Market (SBB)"resultando na nova acreditação para pertencer à lista de entidade...

ler mais
mais notícias