Blogue

Devolução à Natureza de Milhafre-real em Figueira de Castelo Rodrigo

Lembram-se do Milhafre-real que foi entregue à ATNatureza no passado dia 24 de Novembro?! A ave não conseguia voar e foi capturada sem dificuldade por pessoas da aldeia de Escalhão. A mesma foi transportada pelo SEPNA-GNR de Vilar Formoso (Serviço de Protecção da Natureza da GNR) para o CERVAS- Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens onde recebeu tratamento e permaneceu até ao dia de hoje para a sua devolução à natureza.

A ave apresentava uma fractura numa das asas, muito provavelmente resultado de uma colisão com um cabo elétrico (foi encontrada nas imediações de uma linha eléctrica), e a sua recuperação foi total, pelo que foi possível o seu rápido regresso ao meio natural. Para a sua devolução contámos com a presença de 66 alunos do Jardim de Infância da Fundação Ana Paula, que após assistirem um pequeno teatro de fantoches do “Rupis e as suas aventuras”, tiveram contacto com a ave e assistiram ao seu primeiro voo de volta à liberdade.

O Milhafre-real é uma espécie de rapina com duas populações distintas: a nidificante ( com estatuto de Criticamente em perigo) e a invernante ( oriunda essencialmente do Centro e Norte da Europa, com estatuto de Vulnerável) que ocorre na região de Figueira de Castelo Rodrigo. O Milhafre-real é uma espécie-alvo do projeto Life Rupis da qual a ATNatureza é parceira e trabalha ativamente na sua conservação e na minimização de riscos que afetam esta e outras espécies-alvo do projeto.

Saiba mais sobre o projeto Rupis: www.rupis.pt 

 

kits school outside      red kite captured 2

 

 

 

Torne-se Sócio da ATNatureza

Ser sócio da ATNatureza é fazer parte de um grupo de
amigos conservacionistas que apoiam a Natureza.

ser sócio

Notícias

Projecto Escolar de Cidadania e Desenvol …

Durante o ano letivo 2018-2019, @s alun@s do 5º ano (atualmente no 6º ano), desenvolveram um projeto no âmbito da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento no tema do Bem-Estar ...

ler mais
mais notícias